terça-feira, fevereiro 01, 2011

JOHN BARRY
A BELA ARTE DE COMPOR



Faleceu no Domingo passado, com 77 anos, John Barry, um dos maiores compositores da nossa época. O cinema deve-lhe uma soberana homenagem já que, cada trabalho seu, sublinhava o melhor da arte fílmica ou, quando a película não se elevava da mediania, vestia-a de música, essa sim, exemplar.

As  composições de Barry serviam-se do mais nobre instrumental das grandes orquestras, cordas, sopros, percussão, no entanto, um dos seus segredos foi o de utilizar todas as possibilidades, permitidas pela modernidade aportada pelo século XX, recorrendo à polissemia dos sintetizadores e, com esta diversidade e ousadia, induzir a luxúria dos seus temas.

Com formação em órgão, piano e trompete cedo começou a escrever canções realizando os seus temas através de uma banda de jazz e de seguida produzindo alguns trabalhos para a BBC. Foi a EMI que primeiro aproveitou o talento jovem e prometedor, para fazer os arranjos orquestrais das canções dos seus artistas.

Nascido numa família ligada ao cinema é ao cinema que vai ligar os seus maiores êxitos. Deixa, desta forma, o mais belo da sua alma, em composições sublimes, prenhes de mensagens e de histórias, que percorrem toda a escala emotiva do sentir. Foi reconhecido o seu mérito com cinco Óscares e quatro Grammy e esse reconhecimento humano perdurará sempre que as suas melodias incomparáveis impregnarem o ar que respiramos.

OBRIGADA JOHN BARRY!!!


Cinco Óscares 
1967 Melhor canção original Born Free no filme Born Free

1967 Melhor tema musical para o filme Born Free

1969 Melhor tema musical para o filme The Lion in Winter

1986 Melhor tema musical para o filme Out of Africa

1991 Melhor tema musical para o filme Dances witn Wolves


Nomeações para o Óscar

1972 Melhor tema dramático para o filme Mary, Queen of Scots

1993 Melhor tema musical para o filme Chaplin


De entre mais de uma centena de obras constam inúmeras e emblemáticas composições. Os temas de filmes The Midnight Cowboy, Alice's adventures in Wonderland, The Dove, King Kong, Robin and Marion, The Cotton Club, Masquerade, Rubi Cairo, The Indecent Proposal, The Specialist, The Scarlet Letter, Passion Flower Hotel, Lolita my Love.
 

Para os Filmes de James Bond 007, compôs: Dr. No, From Russia with Love, Goldfinger, Thunderball, You Only Live Twice, On her Magesty's Secret Service, Diamonds are Forever, The Man with Golden Gun, Moonraker, Octupussy, A View to a Kill, The Living Daylights.


FOTO - Imagem do Google
VÍDEOS- You Tube
PESQUISA - Wikipédia

6 comentários:

  1. Gosto do blog e vou seguir. Aprecio a música do John Barry. É pena quando perdemos grandes talentos.

    ResponderEliminar
  2. Gigi

    Bloga o tema do cow-boy da meia-noite. O filme era soturno... aquela coisa... Mas a música do Barry era toda jazz sound... Linda...
    kiss kiss good-bye babe

    ResponderEliminar
  3. Muito obrigada Maria Vitória. Concordo que ficamos a perder.

    ResponderEliminar
  4. Sissinha
    Vou blogar.
    Com quem viste o filme? Eu fui com o Né. Na altura deprimi... Ingénua...
    Kiss Kiss 4u2

    ResponderEliminar
  5. Tem músicas lindas...

    ResponderEliminar
  6. Obrigada Ana Luís!

    ResponderEliminar