sexta-feira, novembro 12, 2010


ZIZI POSSI E CHICO BUARQUE - PEDAÇO DE MIM

Poema magnífico do Chico, que por si arranca pedaços da alma e se torna transcendente pela dolente toada do choro melódico, dedilhado em soluços de bela harmonia.
A voz pura e quase inocente de Zizi em contraponto com a rouquidão quente e triste da voz do Chico faz doer. Ouve-se e os sentidos arrepiam-se com a emoção descrita e o estímulo dessa melodia sofrida, perturbadora: 'A saudade dói como um barco que aos poucos descreve um arco e evita atracar no cais'!
Como te amo Chico Buarque, a ti e essa legião de grandes músicos e intérpretes brasileiros que acompanharam e instruiram o meu gosto e apuro musical.

Oh, pedaço de mim
Oh, metade afastada de mim
Leva o teu olhar
Que a saudade é o pior tormento
É pior do que o esquecimento
É pior do que se entrevar

Oh, pedaço de mim
Oh, metade exilada de mim
Leva os teus sinais
Que a saudade dói como um barco
Que aos poucos descreve um arco
E evita atracar no cais

Oh, pedaço de mim
Oh, metade arrancada de mim
Leva o vulto teu
Que a saudade é o revés de um parto
A saudade é arrumar o quarto
Do filho que já morreu

Oh, pedaço de mim
Oh, metade amputada de mim
Leva o que há de ti
Que a saudade dói latejada
É assim como uma fisgada
No membro que já perdi

Oh, pedaço de mim
Oh, metade adorada de mim
Lava os olhos meus
Que a saudade é o pior castigo
E eu não quero levar comigo
A mortalha do amor
Adeus


  VÍDEO - You Tube

2 comentários:

  1. Amiga

    É lindo este tema. O Chico é tudo de bom e todo bom!
    A Zizi tem uma linda voz...

    BJ

    ResponderEliminar
  2. Gostei da tua clara distinção entre a Zizi e o Chico. Eu estou de acordo.

    bj

    ResponderEliminar