domingo, abril 25, 2010


25 DE ABRIL

Grândola, Vila Morena
Terra da Fraternidade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti, ó cidade


Em cada esquina, um amigo
Em cada rosto, a igualdade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti, ó cidade


Dentro de ti, ó cidade
Juro em ter a companheira
À sombra de uma azinheira
Que já não sabia a idade



O António, meu marido, tinha chegado da Guiné no dia 1 de Abril, comentando: 'Isto deve ser engano!' Tinha estado na Guiné dois anos e meio, entre o Xitole e Bissau. No dia 25 de Abril apercebemo-nos logo de manhã que os meios de comunicação tinham sido apresados. A figura do Zeca Afonso era já, em si mesma, identificada como arauto libertário. A sua voz firme, grave e bela exprimia sentimentos de contestação mas também de utopia e humanidade. Grândola Vila Morena voava de cada rádio e tecia o ideal. Acreditamos nele, caminhamos para ele, mas o mais grandioso deste legado foi-se perdendo no caminho.
 
Em todo o caso  pelo 25 de Abril HIP HIP HURRAH!!!
 
FOTO 1 - Zeca Afonso
FOTO 2 - Barroso durante o IAO, na Ilha de Bolama, depois do seu pelotão haver apresado uma pequena gibóia (Guiné - 1972)

2 comentários:

  1. Anónimo6.5.10

    tb eu estive em Bolama
    afinal existem saudades da juventude

    ResponderEliminar