terça-feira, março 02, 2010


PRECIOUS


Triste, perturbador, envolve-nos na crueza de uma vida aparentemente sem soluções humanizantes. Uma sociedade sem respostas de suporte ou justiça assistencial. Precious e Blu Rain rasgam a teia envenenada de uma realidade sórdida para nos dizerem que é possível amar e decidir para além da expectativa.

Eu gostei, fiquei muda (o que não é comum) e aprendi!

Sem comentários:

Enviar um comentário