terça-feira, fevereiro 09, 2010

SERENIDADE

Goethe afirmava 'Todo o trabalho é tornar-se tranquilo' - uma citação que nos aponta para o caminho do auto-controlo, da conscientização, de tudo aquilo que somos e da sua orientação para a Sabedoria(?)

Li, no Tempo de Natal, um dos muitos livros que me foi oferecido. (São a prenda de que mais gosto). É um belíssimo romance de Hernann Hesse, já na sua 17ª edição - Siddhartha. Associado a outras leituras sobre a Teoria da Complexidade, aporta de uma forma poética a questão da unidade /complexidade da vida e o sentir do Homem, que procura os caminhos da sua justificação.

Aqui vai um pouco do seu perfume:
'...se a vida é dor ou alegria, são questões que podem continuar em aberto, talvez não sejam importantes - mas a unidade do mundo, a continuidade de todos os acontecimentos, a coexistência de todas as coisas grandes e pequenas na mesma torrente, na mesma lei das causas, da mudança e da morte, isso fica claro na tua sublime doutrina, ó Ser Perfeito.'
FOTO: Rio Homem - Gerês

2 comentários:

  1. Virginia
    Obrigado por me convidares a entrar neste espaço tão tranquilo e tão sereno. Obrigado por o partilhares também comigo.
    Vou passar cá muitas vezes...
    Já descobri outra coisa em comum contigo... O gosto pela leitura.
    Um bom resto de semana
    Luz

    ResponderEliminar
  2. Luz

    Conjugação de almas iluminadas pelo sol das palavras que tecem o espírito das ideias...

    bj grande

    ResponderEliminar